Você está aqui:Início » Histórias e Testemunhos » Testemunho – As minhas experiências na parada gay

Testemunho – As minhas experiências na parada gay

Hoje o PT Gay apresenta o testemunho do Eduardo, um homem gay que teve numa parada gay mais aventuras do que poderia imaginar! Um testemunho que nos mostra que as coisas boas não acontecem só nos filmes!

Venha conhecer a história de como o Eduardo se conseguiu libertar na parada gay.

A descoberta na Parada Gay

 parada gayOlá a todos! O meu nome é Eduardo e tenho 27 anos. Esta é a primeira vez que escrevo para o PT Gay, mas como já sou leitor há imenso tempo e gosto muito dos artigos e testemunhos, resolvi dar também o meu contributo.

Descobri que era gay quando tinha 19 anos, mas apenas me assumi aos 26 anos. Foram tempos difíceis onde tive grandes dificuldades em aceitar quem era e em contar aos outros que era gay. Como não tinha nenhum amigo gay, a tarefa tornava-se ainda mais difícil.

Foi para combater essa solidão que comecei a frequentar comunidades gay online e a conhecer homens através da internet.

Um deles, que era apenas meu amigo, convidou-me para ir com ele à parada gay e eu tenho que confessar que fiquei um pouco receoso, pois nunca tinha ido a nenhuma parada nem a nenhuma festa gay e nunca me tinha exposto daquela forma. Felizmente decidi ir e a aproveitar a minha vida, pois não merecia ficar para sempre escondido, conhecendo apenas homens gay na internet.

No dia da parada  fui ter com ele e lá fomos os dois para a parada onde nos iríamos encontrar com um grupo de amigos dele. Quando lá cheguei fiquei deslumbrado com a beleza da parada gay, milhares de homens gay faziam a festa e dançavam sem qualquer complexo! Homens com aspecto macho e durão, homens mais cuidados, tanta gente diferente! Não consigo explicar bem, mas ver aqueles homens todos sem complexos, a afirmarem livremente que eram gays, mudou qualquer coisa em mim. A coragem deles foi contagiante e pouco tempo depois também eu estava a celebrar a homossexualidade.

O mais interessante na parada  foi quando bati sem querer num homem que estava ao nosso lado, mas que não era do nosso grupo. Quando me virei para pedir desculpa, fiquei imediatamente apaixonado e sem pensar, dei-lhe um beijo rápido mas forte. Quando me apercebi do que tinha feito, fiquei assustado, pois ele até podia ter namorado, mas não tinha, porque ele correspondeu ao beijo. Ficámos o resto da parada gay juntos, trocámos contactos e hoje o Pedro é o meu namorado.

Esta foi uma atitude que eu nunca teria normalmente, mas a felicidade que se fazia sentir na parada gay fez com que eu ficasse totalmente descomplexado e muito mais corajoso!

Acho que todos os homens gay deviam ir a uma parada gay, pois a sensação de confiança que esta nos transmite é algo demasiado poderoso para ser ignorado!

Aproveito para agradecer ao PT Gay ter-me dado oportunidade de conhecer um amigo que me levaria à parada gay!

Obrigada por tornarem as coisas mais fáceis!

Deixe um Comentário!

© 2018 Energizado com Wordpress

Ir para o Topo