Você está aqui:Início » Sem categoria » Ricky Martin

Ricky Martin

Ricky Martin é o nome artístico de Enrique Martín Morales, um artista porto riquenho fenómeno de vendas com mais de 60 milhões de discos vendidos em todo o mundo. Em 2010 assumiu a sua homossexualidade, tornando-se acérrimo defensor do casamento homossexual e utiliza todo o seu protagonismo enquanto estrela internacional na luta contra a homofobia.

Este sex symbol sempre foi amado por homens e mulheres, enfrentou cedo rumores acerca da sua orientação sexual, tendo chegado a retorquir numa entrevista “Se fosse gay por que não o admitiria? Sou um homem normal. Adoro mulheres e sexo“, mas as dúvidas persistiam apesar de Ricky Martin ter várias namoradas conhecidas. Mesmo com tanta namorada, a verdade sempre esteve dentro dele e sabia-o, pensou até ser bissexual, “Vivia a minha verdade ideal, não podia pensar outra coisa – e isso gerou muito conflito dentro de mim. Mas não era uma mentira, a minha mente dizia-me que era o certo. Estive perto de me casar várias vezes” confessou numa entrevista recente.

Ricky Martin sentia atração por homens desde jovem, mas o preconceito de uma sociedade profundamente religiosa tinham um efeito repressor devastador nele. Aos 21 anos viveu o seu primeiro namoro gay e chegou a ponderar abandonar tudo por amor, quando a sua mãe entendeu a grande paixão que sentia por alguém do mesmo sexo, confrontou-o como só uma mãe sabe fazer… assumindo a sua homossexualidade perante os pais que emocionadamente simplesmente lhe disseram “Abraça-nos filho, amamos-te igual e só queremos que sejas feliz. O amor vem de dentro“.

Em 2008 foi pai dos gémeos Matteo e Valentino, depois de contratar uma barriga de aluguer que permanece até hoje no anonimato, revelando toda a sua aptidão e amor para ser pai e mãe em simultâneo, causando especial incómodo aos opositores da adopção de crianças por homossexuais com receio de que o seu excelente exemplo enquanto pai responsável sem qualquer influência negativa da sua orientação sexual, viesse a reforçar a motivação dos seus defensores. Com sucesso à escala global, a aprovação dos pais e os seus filhos Matteo e Valentino, sentiu que estava finalmente na altura de começar a viver de verdade…emitiu em 2010 um comunicado simples  no seu site oficial:

Tenho orgulho em dizer que sou homossexual e afortunado. Sinto-me abençoado por ser quem sou. Estes anos em silêncio e reflexão fizeram-me mais forte e recordaram-me que a aceitação tem de vir de dentro. Não é uma opção sexual, não se escolhe ser homo ou heterossexual. É a natureza e é preciso aceitá-la. Para mim foi muito difícil pois cresci a ouvir que eram emoções más, do diabo. Isso cria muito ódio. Sentimos que somos pessoas más. A partir do momento em que me assumi, ganhei auto-estima, felicidade e dignidade. Tudo na vida se tornou verdadeiro

Confessou mais tarde que depois de escrever este comunicado, desfez-se em lágrimas de alegria e sentiu-se verdadeiramente livre, havia chegado a um ponto em que não conseguia aguentar mais esta dolorosa mentira que carregava consigo desde sempre e não queria envolver os seus filhos nessa farsa, foram eles a grande motivação que levou Ricky Martin a sair do armário, sentiu que poderia ser um bom exemplo para rapazes e homens como ele, empregando a sua influência internacional para ajuda-los a assumir publicamente a sua homossexualidade e viver em paz consigo próprios, pouco tempo depois da revelação de que era gay comentou numa entrevista “Muitos rapazes me contactam agora, até do Médio Oriente, a agradecerem e a dizerem que agora entendem melhor a vida. A minha carreira é pública, portanto se não contasse ao mundo, seria só uma meia verdade e eu queria o meu respeito mas também o do meu público“.

Poucos meses após este comunicado, Ricky Martin foi convidado para o programa Oprah de Oprah Winfrey onde confessou estar a viver a melhor fase da sua vida, referindo-se ao romance com o namorado Carlos González Abella: “Estou numa óptima relação. O amor acontece quando menos se espera e eu não estava à procura de nada“. O casamento de ambos estava supostamente agendado para Fevereiro de 2012 em Nova Iorque, mas uma confirmação oficial do matrimónio nunca foi divulgada, permanecendo tudo incógnito.

É por isto que Ricky Martin merece todo o reconhecimento público e este é o humilde contributo da maior comunidade gay online portuguesa à sua coragem e empenho pelos direitos gay.

Bom fim de semana para todos!


Deixe um Comentário!

© 2021 Energizado com Wordpress

Ir para o Topo