Você está aqui:Início » Sem categoria » Jovem universitário condenado por implicação em suicídio gay

Jovem universitário condenado por implicação em suicídio gay

Dharun Ravi era apenas um jovem estudante universitário anónimo de origem indiana, mas tornou-se internacionalmente conhecido pela sua condenação judicial por implicação no suicídio gay do colega de quarto na Universidade de Rutgers em New Jersy EUA, após ter filmado e divulgado online um video dele num encontro sexual com outro homem, levando-o ao desespero e suicídio em 2010.

O jovem utilizou uma webcam para filmar secretamente o colega de quarto, Tyler Clementi, num encontro homossexual e posteriormente divulgou todo o conteúdo na internet. Pouco tempo depois saltou para a morte na ponte George Washington com cerca de 65 metros de altura, despedindo-se do mundo com uma singela frase no seu perfil do Facebook: “Estou a saltar da ponte. Desculpem“.

No recente veredicto, Dharun Ravi foi ilibado de qualquer influência direta na morte do colega ou tentativa de agressão, no entanto o juiz fez questão de referir que se tratou de um vergonhoso “caso de tremenda falta de sensibilidade“, considerando-o culpado de 15 crimes, entre eles violação de privacidade, discriminação e obstrução à justiça por ter tentado eliminar todas as mensagens e links onde disponibilizava imagens do encontro gay do colega de quarto. Foi uma decisão que surpreendeu toda a audiência em tribunal, enquanto o juiz justificava que Ravi “mentiu ao seu colega de quarto, que tinha depositado confiança nele“, criticando que não ouviu um único pedido de desculpas ou sinal de arrependimento ao longo do processo.

Foi sentenciado a 30 dias de prisão efectiva, pagamento de uma coima de 10.000 dólares, frequentar sessões comportamentais sobre cyberbullying e ainda cumprir 300 horas de serviço comunitário, parece-me pouco tendo em conta que foi uma ação dele que desencadeou esta tragédia.

O suicídio gay de Tyler Clementi despertou a atenção da sociedade americana para a questão do cyberbullying e os dilemas que os jovens enfrentam ao assumir publicamente a sua homossexualidade, tornou-se um despertar para a realidade da discriminação com base na orientação sexual de um ser humano livre.

 

Descansa em paz Tyler,

Tyler Clementi

19 de Dezembro de 1991 – 22 de Setembro de 2010

Deixe um Comentário!

© 2021 Energizado com Wordpress

Ir para o Topo